Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Internacional
• Bolsas globais ensaiam leve movimento de recuperação;
• BC inglês volta a agir contra o covid-19;
• Mercado de trabalho americano já emite sinais de contração;
• BC chinês deve realizar novo corte nas taxas de juros em decisão de política monetária.

Brasil
• Ibovespa acompanha exterior e opera em alta;
• Fed e BCB criam linha de swap em dólares;
• Curva de juros segue embutindo elevado prêmio de risco;
• Governo segue estudando medidas para atenuar crise econômica derivada do Covid-19


FECHAMENTO:

Ibovespa: 68.331 (+2,15%)
R$/US$: 5,08 (-0,44%)
DI Jan/27: 8,56% ( +22 bps)
S&P500: 2.409 (+0,47%)

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg

MAIORES ALTAS:

JBSS3: R$ 20,00 (+18,69%)
MULT3: R$ 20,25 (+17,73%)
RAIL3: R$ 18,00 (+17,49%)

MAIORES BAIXAS:

SMLS3: R$ 8,72 (-15,34%)
ELET3: R$ 17,40 (-10,86%)
ELET6: R$ 19,41 (-9,13%)


CENÁRIO EXTERNO:

Mercados… Depois de registrarem fortes quedas ao longo das negociações de ontem, bolsas globais voltaram a registrar movimentos de alta ao longo do pregão desta 5ªf. A alta volatilidade que tem caracterizado a dinâmica dos mercados nas últimas semanas mostrou sinais de arrefecimento também, com o índice Vix do S&P operando em queda ao longo da sessão. Não obstante, tais movimentos não se configuram como uma tendência e esboçam um reajuste de posições por parte dos investidores. As medidas de estímulo anunciadas pelo BC inglês, assim como pelo BCE, também podem ter tido contribuição marginal para elevar o ânimo dos investidores. Ao final do dia, tanto o S&P500 quanto Stoxx 600 encerraram as negociações em território positivo.

Bancos centrais continuam agindo… Após o anúncio de que o BCE iria elevar em 700 bilhões de euros a compra de ativos parar sustentar o fluxo de liquidez ao redor do continente, o BC inglês voltou a agir para conter os efeitos recessivos da pandemia de coronavírus. Em mais um movimento extraordinário, a instituição comunicou que irá, também, comprar ativos do setor privado num montante equivalente a 200 bilhões de libras esterlinas, além de promover mais um corte na taxa de juros, levando a taxa de referência à mínima histórica de 0,1%. De qualquer forma, dirigentes destes bancos centrais continuaram batendo na tecla de que a implementação de política fiscal será essencial, uma vez que inundar o mercado financeiro com liquidez não necessariamente ajuda as famílias a pagarem suas contas.

Mercado de trabalho americano já sente os efeitos negativos… O mercado de trabalho americano já começou a sentir os efeitos contracionistas derivados da nova pandemia. Em relatório publicado pelo Ministério do Trabalho, o número de pedidos de seguro-desemprego nas primeiras semanas de março aumentou em 70 mil. Naturalmente, tal número está refletindo o processo de demissões pela qual uma gama de empresas, principalmente no chamado Rust Belt, estão passando ao passo que o país trata de conter a disseminação do novo coronavírus. É indicativo, também, de que o próximo relatório de emprego (publicado na primeira sexta-feira de abril) registre uma súbita elevação na taxa de desemprego.

No radar… Hoje, após o fechamento do pregão, investidores fixarão suas atenções para a decisão de política monetária do PBoC, BC chinês. O banco deve cortar em 10 bps e 5 bps as taxas sobre os empréstimos de um e cinco anos, respectivamente. Por mais que a situação econômica na china esteja passando por uma normalização, tais estímulos justificam-se na medida em que antecipam os efeitos negativos – do ponto de vista da China – da retração da demanda global, fruto da disseminação do covid-19 além das suas fronteiras. Isto se torna ainda mais claro quando nos lembramos de que a economia chinesa, ao contrário da americana, é altamente dependente do setor externo para crescer. Mercados… Depois de registrarem fortes quedas ao longo das negociações de ontem, bolsas globais voltaram a registrar movimentos de alta ao longo do pregão desta 5ªf. A alta volatilidade que tem caracterizado a dinâmica dos mercados nas últimas semanas mostrou sinais de arrefecimento também, com o índice Vix do S&P operando em queda ao longo da sessão. Não obstante, tais movimentos não se configuram como uma tendência e esboçam um reajuste de posições por parte dos investidores. As medidas de estímulo anunciadas pelo BC inglês, assim como pelo BCE, também podem ter tido contribuição marginal para elevar o ânimo dos investidores. Ao final do dia, tanto o S&P500 quanto Stoxx 600 encerraram as negociações em território positivo.

Bancos centrais continuam agindo… Após o anúncio de que o BCE iria elevar em 700 bilhões de euros a compra de ativos parar sustentar o fluxo de liquidez ao redor do continente, o BC inglês voltou a agir para conter os efeitos recessivos da pandemia de coronavírus. Em mais um movimento extraordinário, a instituição comunicou que irá, também, comprar ativos do setor privado num montante equivalente a 200 bilhões de libras esterlinas, além de promover mais um corte na taxa de juros, levando a taxa de referência à mínima histórica de 0,1%. De qualquer forma, dirigentes destes bancos centrais continuaram batendo na tecla de que a implementação de política fiscal será essencial, uma vez que inundar o mercado financeiro com liquidez não necessariamente ajuda as famílias a pagarem suas contas.

Mercado de trabalho americano já sente os efeitos negativos… O mercado de trabalho americano já começou a sentir os efeitos contracionistas derivados da nova pandemia. Em relatório publicado pelo Ministério do Trabalho, o número de pedidos de seguro-desemprego nas primeiras semanas de março aumentou em 70 mil. Naturalmente, tal número está refletindo o processo de demissões pela qual uma gama de empresas, principalmente no chamado Rust Belt, estão passando ao passo que o país trata de conter a disseminação do novo coronavírus. É indicativo, também, de que o próximo relatório de emprego (publicado na primeira sexta-feira de abril) registre uma súbita elevação na taxa de desemprego.

No radar… Hoje, após o fechamento do pregão, investidores fixarão suas atenções para a decisão de política monetária do PBoC, BC chinês. O banco deve cortar em 10 bps e 5 bps as taxas sobre os empréstimos de um e cinco anos, respectivamente. Por mais que a situação econômica na china esteja passando por uma normalização, tais estímulos justificam-se na medida em que antecipam os efeitos negativos – do ponto de vista da China – da retração da demanda global, fruto da disseminação do covid-19 além das suas fronteiras. Isto se torna ainda mais claro quando nos lembramos de que a economia chinesa, ao contrário da americana, é altamente dependente do setor externo para crescer.


BRASIL:

Mercados… O Ibovespa importou a dinâmica positiva do exterior e operou em alta ao longo do pregão. Após fortes quedas nas negociações de ontem, a bolsa local passou por um reajuste e se aproximou do patamar de 70 mil pontos. No mercado cambial, o real continuou sob pressão no início do dia, esta influenciada pelo corte de juro promovido pelo Copom ontem, pela alta do CDS de cinco anos (métrica de risco) país e pela crescente e contínua elevação na demanda por dólares ao redor do globo. Ao longo do final do dia, porém, a cotação do dólar perdeu força e encerrou o dia próxima do zero a zero em relação ao real. No mercado de juros, as taxas operaram em alta ao longo de todos os vértices da curva de juros – ao passo que a situação econômica brasileira piora, investidores passam a embutir maiores prêmios de risco para qualquer dada data de vencimento dos contratos de DI.

Fed e BCB… O Fed, BC americano, junto ao Banco Central do Brasil, estão agindo em conjunto para apaziguar a dinâmica que tem caracterizado o mercado cambial. Nesta manhã, o Fed anunciou linhas de swap em dólares para suprir a demanda por dólares no exterior. Tal medida, considerada um voto de confiança dado pelo Fed ao BCB, ajudaria o BCB a fornecer liquidez em dólares por meio de operações compromissadas ou linhas de crédito para os bancos locais. Tal ocorrência aliviou a pressão que o real vinha sofrendo e atenuou, mesmo que levemente, a pressão altista que o risco-país tem exercido sob nível da cotação.

O que o governo está fazendo sobre a pandemia?… Além de decretar estado de calamidade público – o que na prática serve para que o estado gaste mais – e anunciar um pacote de gastos que antecipa para o primeiro semestre um gama de dispêndios previsto pra o segundo, o governo pretende implementar o mecanismo de transferências diretas. Tal medida repassa dinheiro diretamente para as mãos dos mais vulneráveis, como trabalhadores autônomos de baixa renda, para sustentar um fluxo de gastos. O valor previsto pelo governo, porém, é tímido: R$ 200/pessoa. De qualquer forma, é o que temos, pois as contas públicas, em atual processo de precarização, infelizmente não permitem um valor maior. Além

Rumo… A companhia de logística se destacou entre as ações do Ibovespa hoje, em linha com o alívio na sessão que seguiu a fala do presidente americano, Donald Trump. O bom desempenho dos papéis acabou se dando pelos sinais de recuperação da demanda da China por commodities, fator que impacta positivamente a sua operação.

CVC… A cia também foi beneficiada por sinais de melhora, com o governo anunciando que prestará socorro às companhias aéreas. Além disso, possíveis ações dos EUA em conjunto com a descoberta de um medicamento que possivelmente combaterá a disseminação do coronavírus aliviaram as expectativas ligadas ao desempenho da empresa.

Equipe Econômica

Conrado Magalhães
[email protected]

Alejandro Ortiz Cruceno
[email protected]om.br

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
250 visualizações

Relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami