Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Internacional
• Bolsas internacionais encerraram de lado, sem grandes destaques;
• Fed anuncia novo corte de 25 pontos base (0,25 p.p.);
• Jerome Powell mantém o mesmo racional adotado nas coletivas após os últimos encontros do FOMC, deixando a porta abera, mas sem sinalizar novos cortes com firmeza.

Brasil
• Ibovespa recupera perdas e fecha o dia na estabilidade.
• Cielo dispara e tem maior alta do dia.


FECHAMENTO:

Ibovespa: -0,08%; 104.532 pts
Real/Dólar: +0,81%; R$ 4,10
DI Jan/21: +1 bps; 5,22%
S&P 500: +0,03%; 3.007 pts

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg

PRINCIPAIS ALTAS:

CIEL3:R$ 8,96 (+9,00%)
BRKM5: R$31,54 (+3,48%)
BTOW3: R$ 44,90 (+3,43%)

PRINCIPAIS BAIXAS:

MRVE3: R$ 18,22 (-2,31%)
CSNA3: R$ 14,33 (-2,25%)
GNDI3: R$ 54,56 (-2,13%)


CENÁRIO EXTERNO:

Mercados… Os mercados internacionais encerraram a sessão desta 4ªF de lado, mais uma vez sem grandes destaques. O anúncio de um novo corte de juros pelo Fed confirmou expectativas do mercado, mas Jerome Powell manteve o mesmo racional adotado nas coletivas após os últimos encontros do FOMC, deixando a porta aberta, mas sem sinalizar novos cortes com firmeza. Ainda, a considerável divergência de opiniões no Comitê, com 6 votos pelo corte de 25bps, um voto pelo corte de 50bps (Bullard) e dois votos pela manutenção (Rosengren e George) promoveu uma avaliação mais “hawkish” da decisão pelo mercado. Por conta disso, o dólar (DXY) voltou a se valorizar contra seus principais pares do G7, e os juros das treasuries. Na Zona do Euro, bolsas operaram mistas, encerrando negociações antes do anúncio do Fed.

FOMC… Em geral, a mensagem passada por Powell na reunião pós-comitê foi que a continuidade do movimento de afrouxamento monetário seguirá condicionada ao desenvolvimento dos riscos advindos do cenário econômico atual, assim como às próximas leituras de inflação, que têm potencial para alterar expectativas em relação ao nível da taxa de juros no fim do ano. Dentre os riscos que o corte visa mitigar, e que os membros do BC americano usarão como base para as próximas decisões de taxa de juros, estão o enfraquecimento da economia global (principalmente olhando para a Europa e China), a manutenção das tensões comerciais – que têm prejudicado o fluxo de investimentos e exportações do país – e própria inflação corrente, que permanece sistematicamente abaixo da meta de 2%. Em relação aos eventos negativos do mercado interbancário nos últimos dias, Powell indicou que o Fed está atento e tem as ferramentas para não perder o controle da situação, mas sem qualquer sinalização de que veremos a retomada de um “QE light” em breve.

 


BRASIL:

Mercados… O Ibovespa encerrou o dia próximo da estabilidade, se recuperando da queda cerca de 1% na mínima do dia. O movimento se deu após os membros do FED se mostrarem divididos sobre os próximos passos de corte de juros, após a redução de 0,25 pontos percentuais. Com isso, o dólar ganhou força e subiu para R$ 4,10. Já os juros futuros permaneceram estáveis, com os investidores aguardando a decisão do COPOM hoje, com expetativa de redução de 0,5 p.p. na taxa Selic.

Banrisul… As ações do Banrisul fecharam o dia em forte alta (+7%) hoje, com a companhia anunciando o adiamento do encerramento da oferta de ações (follow-on) para hoje, reduzindo a quantidade de ações ofertadas e ajustando valor patrimonial das ações na oferta. Além disso, de acordo com o Broadcast, a intenção do banco em criar um programa de conversão de ações em units contribuiu para aumentar a demanda pela oferta de ações do banco gaúcho.

Cielo… A maior alta do índice ficou com as ações da Cielo. Na sessão de ontem, rumores sobre uma possível negociação entre Banco do Brasil (controlador da Cielo, junto com o Bradesco) e Stone agitaram o mercado. A Cielo afirmou hoje que desconhece qualquer tipo de negociação nesse sentido, mas a valorização anormal dos ativos nas últimas sessões indica que podemos ter novidades em relação a fusões e aquisições com relação a companhia. Vamos acompanhar.

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Lucas Stefanini
[email protected]

Rafael Gad
[email protected]

Julia Carrera Bludeni
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Luis Gustavo Pereira Luis Gustavo Pereira

Estrategista

Graduado em Administração de Empresas pela ESPM, com pós-graduação em Economia e Setor Financeiro pela USP e MBA em Finanças pelo INSPER. Tem mais de 8 anos de experiência no mercado financeiro. Atualmente, é o estrategista da Guide Investimentos.

120 visualizações

relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami