Internacional
• Ativos de risco globais continuam a operar em alta;
• Recuperação da produção industrial na zona do euro pode demorar mais do que anteriormente pensado;
• BLS (Bureau of Labor Statistics, em inglês) divulga amanhã Índice de Preços ao Consumidor americano.

Brasil 
• Ibovespa segue em frente com processo de acomodação e opera em alta;
• Dólar testa nova máxima ao atingir o patamar de R$ 4,35/US$
• Vendas no varejo caem 0,1% em dezembro


FECHAMENTO:

Ibovespa:116.674 (+1,13%)
BR$/US$: 4,35 (+0,52%)
DI Jan/27: 6,41% (-1 bps)
S&P 500: 3.379 (+0,65%)

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg

PRINCIPAIS ALTAS:

PCAR4: R$ 86,91 (+5,59%)
KLBN11: R$ 21,72 (+4,52%)
TOTS3: R$ 78,40 (+4,24%)

PRINCIPAIS BAIXAS:

IRBR3: R$ 33,70 (-2,74%)
CVCB3: R$ 33,74 (-2,49%)
BBDC3: R$ 32,28 (-1,44%)


CENÁRIO EXTERNO:

Mercados… Bolsas internacionais deram continuidade ao processo de acomodação na medida em que o número de novos casos registrados do coronavírus cresce mais lentamente. As elevadas taxas de infecção no epicentro da epidemia, região central da China, parece estar passando por um processo de estabilização. As medidas draconianas de quarentena parecem estar surtindo efeito relevante para curvar o impacto do nCov-19. No campo dos indicadores, a produção industrial na zona do euro, ao voltar a cair, travou um crescimento mais robusto dos ativos de risco europeus.

Economia europeia… A produção industrial na zona do euro voltou a demonstrar o estado anêmico de um setor que tem penado para tomar tração ao longo de 2019. Os dados de dezembro apontaram para uma contração de 2,1% nas indústrias, configurando uma queda anual de 4,1% e repercutindo o desempenho fraco do setor na maior economia da Europa, a Alemanha. O dado jogou um balde de água fria sobre aqueles que acreditavam em um rebound do setor. Agora, com o coronavírus interrompendo a importações de importantes insumos advindos da China, assim como a demanda por exportações da região, este rebound não virá tão rápido.

No radar… Em um dia fraco de indicadores econômicos, o destaque de amanhã fica com o índice de preços ao consumidor americano. Expectativas de mercado preveem uma alta de 0,2%, devendo ainda demonstrar a forte resistência da inflação a variações na atividade econômica. Por mais que a medida não seja utilizada pelo Fed para implementar a política monetária, funciona como um bom termômetro para a dinâmica de preços no país norte-americano.


BRASIL:

Mercados… Como antecipamos no Mercados Hoje, ativos de risco locais deram sequência ao processo de acomodação. O Ibovespa, ao aumentar mais de 1% ao longo da sessão, fechou o dia em território verde. No mercado câmbial, o real continuou cedendo terreno ao dólar e atingiu uma nova máxima intra-diária de R$ 4,35/US$. Reiteramos: O corte de juros, assim como as preocupações em torno do coronavírus, seguem pressionando a divisa brasileira. O fato de que o CDS, medida de risco-país, segue travado em torno dos 100 pontos base significa que um canal pelo qual o real poderia se depreciar está virtualmente inexistente. No mercado de juros, as taxas operaram com leve viés de baixa, repercutindo os dados fracos das vendas no varejo.

Atividade econômica… As vendas no varejo – setor que tem demonstrando constantes sinais de tração – frustraram expectativas de mercado hoje. Enquanto estimativas previam um aumento de 0,2% em dezembro, o verdadeiro valor acabou registrando uma queda de 0,1%. De qualquer forma, o setor registrou um ganho acumulado de 3,3% no sentido restrito e 4,9% no sentido amplo, isto é, aquele que considera, também, vendas de automóveis e itens de construção. A frustração de expectativas ocorreu principalmente em função de dois fatores: primeiro, a liberação das contas do FGTS, que, em teoria, deveriam ter sido utilizadas para impulsionar as compras de natal foram utilizadas pelos brasileiros, na verdade, para quitar pequenas dívidas como contas telefônicas, por exemplo. Em segundo lugar, a alta no preço dos alimentos, e, em específico, o das carnes, ocasionou uma redução de demanda pelas mesmas. Ao decompor os índices, observamos que a categoria de alimentos – com peso de 44% no total do varejo -, ao cair 1,2%, esteve entre as maiores quedas.

TIM… A empresa teve ótimo desempenho no pregão dessa quarta-feira. Após divulgação de resultados positivos referentes ao 4T19, o mercado reagiu favoravelmente quanto ao papel. Ainda, as sinalizações dadas pelo CEO da empresa, a respeito de possíveis compras de ativos da Oi, também foram bem recebidas pelo mercado.

Totvs… À espera de seus resultados que serão divulgados ainda hoje, a empresa foi o grande destaque do Ibovespa nesta quarta-feira. A expectativa do mercado é de que o resultado seja positivo, com a empresa revertendo o prejuízo reportado em 2018 e melhorando suas margens.

 

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Conrado Magalhães
[email protected]

Alejandro Ortiz Cruceno
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

*A área de Renda Variável é a responsável  por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
Victor Beyruti Guglielmi Victor Beyruti Guglielmi

Economista

Graduado em Administração de Empresas e Economia pelo Insper. Integra a equipe econômica da Guide há mais de 1 ano. Atualmente atua como economista no segmento de varejo, sendo responsável pela confecção de relatórios e de comitês mensais com intuito de embasar recomendações de alocação de recursos no cenário político-econômico.

515 visualizações

Relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami