Fique por dentro do mundo da economia!


CADASTRE-SE AQUI

Internacional 
• Bolsas globais fecham no verde pelo quarto dia seguido;
• Produtividade do trabalho nos EUA cresce 1,4%;
• Taxa de desemprego nos EUA, junto com produção industrial na Alemanha, são destaque na agenda de amanhã.

Brasil 
•Ibovespa opera na contramão do exterior e fecha no vermelho;
•Câmbio sente efeito de juros menores;
•Comunicado hawkish do Copom surti efeito sobre a curva de juros;
• Produção de veículos volta a decepcionar.


FECHAMENTO:

Ibovespa:115.190 (-0,72%)
BR$/US$: 4,28 (+0,97%)
DI Jan/27: 6,49% (+10 bps)
S&P 500: 3.345 (+0,33%)

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg

PRINCIPAIS ALTAS:

CIEL3: R$ 7,37 (+4,69%)
WEGE3: R$ 42,84 (+3,55%)
PETR4: R$ 29,18 (+2,78%)

PRINCIPAIS BAIXAS:

BRKM5: R$ 31.75 (-7,46%)
ELET3: R$ 36,29 (-4,50%)
FLRY3: R$ 32,10 (-4,18%)


CENÁRIO EXTERNO:

Mercados… Bolsas internacionais deram sequência, pelo quarto dia seguido, aos movimentos de alta verificados desde o início da semana. Na medida em que o mercado antecipa os efeitos estimulativos do Banco Central chinês e, mais recentemente, a redução de tarifas de importação, as preocupações em torno de como o novo coronavírus vão lentamente se dissipando. No acumulando do dia, o STOXX 600, índice pan-europeu, assim como o S&P500, índice americana, passaram por uma valorização de 0,44% e X,XX%.

Economia americana… O BLS (Bureau of Labor Statistics, em inglês) publicou hoje dados interessantes referentes ao mercado de trabalho americano. A produtividade do trabalho nos EUA cresceu 1,4% no 4T2019, repercutindo expectativas de mercado. O resultado reverteu a tendência de queda que vinha sendo verificada ao longo dos últimos meses, e indica que o número de desempregados na economia americana deve continuar se contraindo. Do lado da demanda, o nível de conforto do consumidor, cuja pesquisa faz referência até o dia dois de fevereiro, sofreu uma contração de 67,3 para 66,5, rompendo com a tendência de alta vista desde dezembro. Para deste aumento no desconforto pode ter repercutido a preocupação dos consumidores em torno do novo coronavírus.

No radar… Amanhã o BLS irá publicar a taxa de desemprego da economia americana. Expectativas de mercado preveem a manutenção da taxa em 3,5%. Não obstante, após a surpresa do ADP, que registrou uma criação de vagas muito além do esperado, não ficaríamos surpresos se o desemprego na maior economia do mundo caísse novamente. O dado virá acompanhado dos ganhos médios por hora, que também devem continuar avançando face ao aumento verificado na produtividade do trabalho. No continente europeu, a produção industrial na Alemanha é o destaque. Expectativas de mercado preveem mais uma contração de 3,7%, na medida em que o setor começa a adentrar a estabilização e não sente, todavia, os efeitos positivos do acordo sino-americano.


BRASIL:

Mercados… Ao contrário das bolsas internacionais, o Ibovespa operou em queda ao longo do pregão. Iniciou o dia em alta, subindo mais de 1%, porém perdeu tração e fechou o dia em território negativo. No mercado cambial, o dólar também operou em queda no início do dia, porém rapidamente reverteu a tendência, incorporando o corte de 25 pontos base implementado pelo Copom na reunião de ontem. A cotação chegou a bater uma máxima intradiária de R$ 4,28/US$. O comunicado fortemente hawkish do comitê que sinalizou um fim para o ciclo de afrouxamento monetário surtiu efeito no mercado de juros na medida em que travou apostas em mais um corte na taxa Selic na reunião de março. Por causa disto as taxas, ao longo de todos os vértices, operaram em alta ao longo da sessão. O CDS de cinco anos, medida de risco país, ficou estável, ainda em torno dos 100 pontos base.

Atividade econômica… Em um dia fraco de indicadores, o principal destaque ficou com a venda e exportação de veículos para o mês de janeiro. Ambos os dados registraram quedas no mês. Enquanto o primeiro pode refletir a ainda fraca demanda doméstica, o segundo com certeza continua repercutindo a contração da demanda argentina; principal destino de exportações de carros brasileiros.

Braskem… O papel teve forte queda no pregão de hoje. Após a decisão do TJ-SP, afirmando que os bancos podem executar as ações da empresa no âmbito da recuperação judicial da Odebrecht, o mercado pressionou fortemente o papel, levando a desvalorização de mais de 6%.

MRV… Após relatório divulgado por uma casa de análise, alguns papéis do setor de construção civil passaram a desvalorizar nessa quinta-feira. A MRV acabou sofrendo um pouco mais que seus pares, fechando o dia com mais de 4% de queda.

Contatos

Renda Variável*


Luis Gustavo Pereira – CNPI
[email protected]

Equipe Econômica

Conrado Magalhães
[email protected]

Alejandro Ortiz Cruceno
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

*A área de Renda Variável é a responsável  por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“
156 visualizações

Relacionados

Utilizamos cookies para melhorar a sua navegação

Entendi
Bitnami